top of page
LOGO.png
face.png
insta.png

DICAS PARA REFORMAR UMA PISCINA DE ALVENARIA

Com serviços especializados e novos revestimentos, sua piscina e seu jardim ganharão vida nova!


Palimanan/Divulgação


Ter uma piscina em casa é uma excelente opção de lazer para reunir familiares e amigos. Mas você já precisou fazer uma reforma de piscina? Se ainda não, saiba que ela também necessita de uma repaginada de vez em quando para realizar manutenções periódicas, garantir seu bom funcionamento e a água sempre limpa.


Com o passar dos anos, é natural que a estrutura da piscina tenha alguns desgastes. Quando o revestimento estiver danificado, a pintura desbotar e o ambiente ficar sem graça, saiba que chegou a hora de uma reforma. Confira abaixo algumas dicas para começar a se preparar para dar uma nova cara para a sua piscina e, também, para a área externa.


1 - CONTRATE UMA EQUIPE PROFISSIONAL


Os serviços de reforma e revitalização de piscinas devem seguir as normativas estabelecidas pela ABNT, principalmente, quanto a NBR 10339/2018 que:


“estabelece os requisitos quanto à maneira e aos critérios pelos quais devem ser projetados e construídos os tanques de piscinas, para atender aos requisitos técnicos mínimos de higiene, segurança e conforto dos usuários, além de critérios pelos quais devem ser projetados e construídos os sistemas de recirculação e tratamento de água de piscinas.”

Os profissionais também poderão dar sugestões para incrementar o ambiente, sugerir materiais, estimar em quanto tempo o procedimento estará finalizado, além de realizar adequações de projetos.


Portinari/Divulgação


2 - IDENTIFIQUE O QUE PRECISA SER REFORMADO


Esse pode ser um momento para realizar os reparos necessários, instalar novos equipamentos, e pode, também, ser uma oportunidade de mudar um pouco o visual da piscina para algo mais moderno.


Junto com a equipe profissional, é importante avaliar tanto o estado atual da estrutura, quanto a possibilidade de fazer mudanças. Aspiração ineficaz, manchas insistentes, diminuição do volume de água, aparecimento de rachaduras, água na casa de máquinas, aparecimento de algas e bactérias, infiltrações nas paredes e azulejos soltos ou quebrados, todos esses são sinais a serem observados antes da reforma.


Portinari/Divulgação


3 - ESCOLHA O REVESTIMENTO INTERNO

Escolher o revestimento para piscina ideal requer cuidados específicos no projeto. Com a enorme variedade de opções, você não terá dificuldade para encontrar uma opção que combine com o ambiente a ser reformado.


Entre as opções mais comuns estão: azulejos, pastilhas de vidro, cerâmica, pastilhas de porcelana e pedras naturais. Não há um melhor que os outros, o importante é ser de fácil higienização, maior durabilidade e com efeito final que mostre o bom gosto dos moradores.


Tendência atual

Em alta no universo da arquitetura e decoração, os revestimentos naturais são uma tendência que veio para ficar. Por exemplo, as pedras Hijaum e Hitam podem ser encontradas tanto na versão bruta, ideal para paredes de cascatas, ou na versão lisa para a parte interna da piscina. Além da beleza única, essas pedras oferecem grande durabilidade e são resistentes às intempéries climáticas, ação do sol e chuva.


Palimanan/Divulgação


4 - INCREMENTE A ÁREA EXTERNA


Espaço perfeito para receber amigos e familiares, a área da piscina merece atenção extra quando o assunto é a escolha do revestimento externo. É fundamental certificar-se de que o material escolhido diminui os riscos de quedas e escorregões, onde é bastante comum a circulação de pessoas. É importante também verificar se o piso escolhido não absorve muito calor, já que ele ficará exposto aos raios solares, o que naturalmente aquecerá a superfície.


Lembre-se: o melhor tipo de revestimento para piscina em área externa é aquele que é capaz de ser durável, antiderrapante e, ainda, aquele que tem fácil manutenção.


E sobre a decoração, incremente o espaço com a construção de pergolados e decks em madeira, cozinhas externas, áreas com churrasqueira, lagos para carpas, cascatas ou fireplace.


Castelatto/Divulgação


5 - ADICIONE ACESSÓRIOS

Ao reformar sua piscina, lembre-se de incluir itens de segurança, como cerca de proteção, corrimão e escadas, principalmente se idosos e crianças frequentarem seu espaço. Assim, todos podem aproveitar muitos dias de diversão sem se preocupar.


De uma maneira geral, não é muito trabalhoso realizar uma reforma de piscina, isso evita transtornos maiores ou até mesmo irremediáveis. Fora que, mantendo ela sempre em perfeitas condições, ela estará sempre pronta para garantir a diversão da sua família. Não espere muito tempo para reformar a sua piscina!





Commenti


bottom of page